Notícias

Publicado em 09 | 06 | 2021 às 13:35

Novos alertas da neurociência para a importância da caligrafia

Texto por: Projeto de comunicação : Flávia Rissi
Domínio da letra cursiva foi abolido das escolas brasileiras, junto com muitas boas ideias e práticas que faziam e ainda fazem sentido. Ela foi abolida no bojo de um conjunto de ideias equivocadas sobre a função da escola e do ensino. Assim, nossos educadores foram levados a confundir escrever com redigir, a considerar a caligrafia como um ato “mecânico” e, portanto, indigno de ser ensinado. Nessa perspectiva, as letras e o alfabeto constituiriam uma barreira ao entendimento do sentido “global” do texto. Mas, no ensino médio, onde o princípio da realidade vem resistindo ao princípio do prazer.
A importância da caligrafia, especialmente o domínio da letra cursiva, tem a ver com eficiência: a escrita cursiva dá mais velocidade ao registro, pois o lápis não sai do papel. Ela permite a escrita fluente e, uma vez automatizada, permite que o cérebro cuide de outros assuntos, como a ortografia e, em seguida, o sentido das palavras e a escolha das palavras, no caso de uma redação.
Qual a sua opinião sobre esse assunto? Gostou do tema e quer saber mais? Acesse: http://sinepepr.hospedagemdesites.ws/.../novos.../...